Salada de Frutas

Tenho notado que estes últimos dias trazem um travo de nostalgia apegado. É sem-fim de correrias, de estudos, de leituras, de escritas desenfreadas e de apontamentos que até a agenda esquece. São as pessoas, no vai-vem das suas rotinas que correm apressadas, na esperança que o mês acabe, recebam o pagamento mensal pelas suas horas diárias gastas em prol de outrém. É o desespero, o nó na garganta e o aperto no coração, por saber que as pessoas que amamos e aprendemos a amar nestes anos, vão para a nova e mais emocionante fase das suas vidas, sem nós. Longe daquilo que é a nossa companhia menos matura e mais desnaturada.
É um rol de coisas que nos prendem no mês de maio, na esperança que acabe, mas que junho nos traga mais momentos juntos, nem que seja para a simples troca de um “como correu?” ou de dois “achas que vamos a exame?” “sim, mais-que-certo”. Umas risadas pelo meio, ou uma cara feia de culpa, porque a falta de estudo foi um pretexto para rever aqueles que, agora, estão aqui porque quiseram não-esquecer estas caras e estas vozes por mais um dia.
São os corredores, longos e brancos, as paredes caiadas dos labirínticos complexos. É o cheiro a hospital mental/circo de vaidades que paira no ar. É o raio de sol na esplanada, é o cigarro aceso, o café e a salada de frutas. É o “Olá” para o que passou e um “vai-te f****” para o que não olhou – mas devia.

É o toque silencioso que demarca a saída de mais uma aula e o frenesim de um gelado fora-de-horas.

É a alegria por ser fim de semestre, menos um em direção ao futuro, ao final da reta. É a trsiteza por aqueles que a alcançaram e não voltam a estes corredores, a estas cadeiras a estas festas.

É o querer aquele dolce far niente, o sol, a sangria da uma da tarde, os batidos, a música. É a contradição do querer e do fazer e saber que, daqui a uns meses, o nó na garganta aumenta por sabermos que este hoje de amanhã será o último. Com estas pessoas, com estas cores, com este café, com este cigarro.
É a salada de frutas perde os morangos e as uvas, que já passaram de época.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s