(Dia da) Mater, Maji, Madre, Matika, Makuahine, Mãe

Mãe: 

 

<categoria_ext_aao>substantivo feminino

1. Mulher que tem ou teve filho ou filhos.

2. Animal fêmea que tem filho ou filhos.

4. [Figurado]  Mulher carinhosa.

5. Protectora.

6. Origemcausafonte.

7. [Brasil]  Ser fantásticoespécie de sereia de água docetambém chamado uiara e iara.

8. [Figurado]  Pessoa que chora facilmente.

<categoria_ext_aao>adjectivo feminino

9. Que deu origem a outras coisas da sua espécie.

10. Que é considerada a principal entre outras do seu género.

 

Mãe é aquela que é tudo isto e muito mais. Mãe é aquela que, durante nove meses, nos embalou no seu ventre. Nos alimenta, trata de nós, cuida, canta, acarinha… Sorri para nós mesmo antes de nós sorrirmos para ela. (Mãe é, também, aquela que acredita que os espasmos iniciais são sorrisos, mesmo que lhe provem o contrário, e é feliz por isso). E, desde o momento em que os nossos pezinhos tocam o chão e partilhamos o mesmo mundo físico que ela (porque o emocional é partilhado desde a conceção), ela pega em nós ao colo, agarramos o nosso dedinho ao dela e, não há nada ali presente a não ser amorE, com sorte, se formos o seu primeiro filho, recebemos o maior dos amores do mundo. O mais puro e desprovido de impurezas. E não há nada que se lhe possa comparar.

Isto não quer dizer que uma mãe não goste de todos os seus filhos de igual modo e com igual amor materno mas, aquele primeiro é o que recebe toda a inexperiência e todo o medo e toda a esperança do Mundo.

Só uma mãe sente no útero, sob a forma de dores e contrações, quando o seu bebé tem fome. Só uma mãe sabe o que é cada choro e porque é que o bebé prefere uma mama à outra. Só uma mãe sabe a dor e a alegria de dar de mamar. De sentir os dedinhos roliços pousados sobre o seu seio, a acariciá-la e, mesmo que em dor, ela sorri.

Só uma mãe sabe o que é trazer alguém ao mundo. A dor, o sangue, a angústia, o penar… E, ver mais tarde a sua prole, passar por provações da Vida que ela não pode aliviar. Mas, ainda assim, ela tenta. E há sempre de tentar.

Mãe é Deus, é Deusa! É o mais alto dos seres e possuí o mais alto dos amores.

Mãe cuida, dá carinho, faz cafuné, faz comida, dá miminhos…. Mas também se zanga, castiga-nos e castiga-se. Porque castigar-nos dói-lhe.

Uma mãe não é só a mulher que nos pare. Mãe é quem cuida de nós, mesmo que ela não nos tenha sentido pontapeá-la no ventre, vê-lo dilatar-se para nos acomodar.

Um dia, o meu pai disse-me que a maior provação da vida e uma das coisas mais corajosas de sempre, era ser mãe solteira. E eu concordo plenamente! Uma mãe sem um pai é uma guerreira. Cuidar de um filho sem ajudas e com julgamentos do resto do mundo, é a coisa mais difícil do Mundo.

Ser mãe, é ter aquele brilho no olhar que eu vi pela primeira vez na minha irmã, que indica que, mesmo tendo acabado de passar pelos temores do inferno na terra, que é parir um filho, está no céu da felicidade. Aquele olhar que nos diz que ela cumpriu o seu objetivo maior: foi mãe.

Ser mãe é ser incondicional e, ao mesmo tempo, imparcial. É não dormir descansada para o resto da vida.

Mas ser mãe, é também ser filha. É ser avó e ser Mulher. Esposa e guerreira. Amiga, inimiga, conselheira. Parir as dores do mundo.

É sangue, é vísceras, é coração exposto para toda a vida, desde o momento em que se torna fonte de vida. É ser forte mesmo quando se é fraco.

E é, também, possuir o amor. E quase ninguém no mundo possui, realmente, o amor. Mas uma mãe possui. Tem-no nela e dá tudo dela por esse amor. E também possui outra pessoa. Pode chamá-la de sua. Dizer “é meu, fui eu que criei”.

Ser mãe é chorar e rir. É o cansaço e a alegria de ver o filho dormir sob a sua asa.

Se Deus realmente existiu, ele teve uma mãe.

Mãe é natureza, é a terra que pisamos, é o ar que respiramos. É perdoar e ser perdoada. É ser perfeita na sua condição de imperfeição Humana. É comer, todos os dias, do pão que o Diabo amassou.

Ser mãe, é passar do rascunho para a Obra-Prima da Mulher. E, a partir do momento em que te tornas mãe de alguma coisa, de qualquer coisa, és o melhor que podes ser. Mesmo que não tenhas, biologicamente, trazido essa coisa ao mundo, mesmo que não sejam da mesma raça, da mesma espécie… A partir do momento em que te delegas como mãe, e assumes tudo o que ser-se mãe é, chegas ao topo da tua existência. Tornas-te maior que tu mesma.

E, tudo o resto é só trazer alguém ao mundo. Isso não é ser-se mãe.

Queria, agora, deixar aqui um poema que não me pertence, mas que é lindo e dedicado à MãeMas há tantas coisas bonitas, escritas por aí, que me é difícil escolher um. Por isso, vou aqui deixar um poema do José Luís Peixoto, que ainda me escreve muito bem.  

Palavras para a Minha Mãe

mãe, tenho pena. esperei sempre que entendesses 
as palavras que nunca disse e os gestos que nunca fiz. 
sei hoje que apenas esperei, mãe, e esperar não é suficiente. 

pelas palavras que nunca disse, pelos gestos que me pediste 
tanto e eu nunca fui capaz de fazer, quero pedir-te 
desculpa, mãe, e sei que pedir desculpa não é suficiente. 

às vezes, quero dizer-te tantas coisas que não consigo, 
a fotografia em que estou ao teu colo é a fotografia 
mais bonita que tenho, gosto de quando estás feliz. 

lê isto: mãe, amo-te. 

eu sei e tu sabes que poderei sempre fingir que não 
escrevi estas palavras, sim, mãe, hei-de fingir que 
não escrevi estas palavras, e tu hás-de fingir que não 
as leste, somos assim, mãe, mas eu sei e tu sabes. 

José Luís Peixoto, in “A Casa, a Escuridão”

 

Beijinhos grandes, C. E, até já, mãe.

Mãe
Ainda há pequenas grandes coisas que, um dia, me podem impedir de sair daqui e procurar algo mais. Estas duas, são o topo. ❤
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s