Atualizações sem importância , pt. I

 

Imagem

Hoje o tempo está nublado. Assim, por entre as nuvens que ameaçam chover e a brisa fresca que se faz sentir, vai-se dissipando a primavera que tinha vindo para ficar, assim parecia. Ora, eu adoro a primavera. Gosto mesmo das florzinhas a desabrochar, os campos verdes, as borboletas que se soltam dos estômago enamorados e voam, poisando de flor em flor. Os bichinhos saem das tocas, as pessoas saem das casas, roupas mais frescas, cabelos mais soltos, sorriso maior. Sou uma eterna apaixonada pela Natureza e pela primavera, não fosse eu uma filha da estação. A pele ganha o tom bronzeado, caraterístico (se bem que eu tenho a benesse que nunca perder esse tom) e os cabelos passam a cheirar a lavanda. É esta a imagem que eu tenho de uma primavera que não nasceu hoje. Hoje, os cabelos dançam ao vento, desgrenhados pela brisa violenta, a pele arrepia-se e temos de trazer um casaco. Mas não faz mal, porque desta forma também é agradável. Todo o tempo é tempo para ler um livro, por exemplo. E eu ando a apanhar toda a leitura que deixara para trás. Acabei de ler O grande Gatsby, e gostei muito. É uma literatura mais leve, mas solta, uma narrativa que prende o leitor, mas que deixa espaço para sonhar livremente. Só não foi tão livre porque já tinha visto o filme e não me consegui desprender do Leonardo DiCaprio para o Jay Gatsby. E ainda bem. Hoje, comecei a ler “1984” de George Orwell, e já me parece muito bom. Mas é grande e sei que, dado o tempo que (não) tenho, me vai demorar um bocadinho. Também acabei, ontem, a 2ª temporada de Bates Motel. Com menos essa, tenho agora Game of Thrones, para me ocupar os tempos livres, em que não estou a estagiar/trabalhar/passear. Aproveitei, no outro dia, para ir dar um saltinho à semana académica de Lisboa, e ver o Nelly, que foi um concerto bem interessante e divertido. Encontrei a minha alma-gémea do secundário, no feminino, a Marta. Ela sempre foi a minha incompreendida que eu percebia melhor que ninguém. Gosto muito dela e, vê-la feliz, fez-me feliz. De resto, devo dizer que não se passou nada de muito mais interessante (não que isto seja). Não há atualizações web que valham a pena ser lidas, vistas, ou refletidas sobre. Lixo cibernético que nos entra pelo écrã se clicarmos nos links.

Tenham coisas bonitas, hoje. Que eu volto, mais logo ou amanhã.

Aloha ❤

 

P.S.: Hoje vim um anúncio da Nokia, em resposta à Apple ter feito os novos iPhones iguais aos Lumia, muito gira, vou partilhar 😉 beijinhos

Imagem

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s