Life is to be enjoyed, not just endured

The purpose of life is to live it, to taste experience to the utmost, to reach out eagerly and without fear for newer and richer experience.

Eleanor Roosevelt

E, se a verdade é que só vivemos uma vez, ao menos que esta vez seja completa, com tudo a que temos direito e sem arrependimentos. Com experiências boas, e prazeres terrenos.
A vida faz-se de experiências e vivências boas e que nos fazem sentir bem. E é isso que eu tenho feito, quando o tempo me permite e nos momentos de pausa do trabalho louco e cansativo.
Ontem, foi dia de ir a uma das minhas cidades favoritas no Algarve – Tavira. As ruas cheias de mistério e as ruelas estreitas que parece que escondem contos mouros encantam-me e sempre me encantaram desde os tempos áureos em que lá passeava de mãos dadas com o então – e sempre – homem da minha vida. Ontem também dei as mãos ao homem da minha vida. mas o outro. E também passeamos pelas ruas e corremos os becos e as ruelas.
Primeiro fomos, com o sogro, jantar ao indiano. Foi uma experiência muito boa, adorei a comida e o ambiente da rua que nos circundava levaram-me numa experiência muito bonita, muito aromática e muito deliciosa. Senti-me como uma personagem de um filme de Bollywood e fez-me lembrar de dabba, o filme de que vos falei aqui.
Depois fomos ao que realmente nos levou a Tavira – o concerto de Mayra Andrade. Confesso que nunca a tinha ouvido ao vivo e, do seu repertório pouco conhecia mais do que We used to Call it love e umas apenas de ritmo. Não fazia ideia de que me estava a dirigir para um concerto em cheio, desde o momento em que Mayra pisou o palco, ainda tímida, até ao final à capella. Foi uma rica experiência e posso afirmar que adorei! A voz, a batida, a dança, os instrumentos, o ritmo cabo-verdiano que nos faz balançar o corpo ao ritmo da música… Os sons africanos cantados em inglês e francês… Tudo, tudo foi pleno e belo. Foi um fim de tarde/serão perfeito, não pedia melhor e só posso agradecer. Foi o culminar desejado de mais um dia de trabalho.
De todas as músicas que ouvi ontem, deixo aqui as minhas favoritas

96 Days: http://youtu.be/dOgZUHtlxzY
We used to call it love: http://youtu.be/EvxdUzMXAUU
Les mots d’amour: http://youtu.be/mcJWwIVfNtQ
Rosa: http://youtu.be/8ShpSUCtpss
A seta ft. André Sardet: http://youtu.be/I5FzjZpJDgs

Não tenho fotografias do concerto nem do jantar porque, para variar e contrariar aquela tendência de dependência das redes sociais, vivi o momento a cem porcento e não tirei fotografias. Só as três que vos mostro.
E assim fico e vos deixo, até amanhã, que é dia de folga e posso dormir e ver episódios do meu novo vício sériefilo Orange is the new black. Uma série boa, bem pensada e cómica qb. Uma ótima descoberta, que transforma as noites de verão em noites de outono, onde o que só apetece é ver séries, beber café e ficar na cama a procrastinar e namorar.

Kiss, C. ♡

image

image

image

(Fotos por Cláudia de Oliveira © sujeitas a direitos de autor.)

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s