[seriéfila: o sexo e a cidade]

okok… antes de mais, eu sei que eu venho (muito) atrasada. qualquer coisa como dezasseis anos atrasada, mas a verdade é que mais vale tarde do que nunca, sempre ouvi dizer. ando cheia de descobertas, no que toca a quase todas as áreas da minha vida, ultimamente. mas, em especial, à do entretenimento. Como agora estou de férias do meu trabalho como cashier (as últimas antes de abandonar o pingo doce – falemos disso um dia, mais à frente), tenho um pouco mais de tempo livre. o que nem sempre significa que o consiga aproveitar para lazer, porque, como agora também trabalho em produção (como mais tarde falaremos), fico mais horas no escritório a trabalhar. ou seja, tiro de um lado e ponho no outro, o que não me importa nada, porque o que eu gosto mesmo é de ir para casa com a sensação de que o dever ficou cumprido, ou pelo menos as tarefas do dia. mas ainda assim tenho arranjado, aqui e ali, tempo para a minha preguiça de outono e pré-inverno. para me deitar na minha cama e fazer café quente, e ver séries.

como já tinha falado, ando a acompanhar três séries, neste momento: how to get away with murder, gotham e stalker. Sendo que os episódios saem às quartas, quintas e sextas, respetivamente. Mas existem outros dias da semana, em que eu dizia sempre que era desta que ia largar as séries e ver um filme, mas não conseguia. acho que agora estou a deixar os filmes para ir ao cinema, que ali não me aborrecem, ou para as minhas férias em dezembro. o que eu queria mesmo, era mais uma série, mas uma coisa menos pesada, dado que estas três têm carga suficiente. como tal, pensei em rever de novo friends ou seinfeld, mas ainda assim sabia que não era exatamente isso que eu queria. e foi aí que me lembrei de uma série que eu ainda não tinha visto, mas que sempre o quis fazer e nunca se deu a oportunidade, entre tantas outras que vinham surgindo como cogumelos em tempo de chuva: o sexo e a cidade.

eu sei, eu venho em confesso atraso . são muitos anos, mas nunca vi porque nunca calhou. e desta vez decidi sacar todas as temporadas e vê-las de uma vez. e foi a melhor coisa que eu fiz. adoro sexo e a cidade, adoro a série! tem um bocadinho de tudo o que há para gostar, especialmente o sexo feminino e, melhor do que tudo, é que é muito leve, com episódios pequenos, o que não me deixa sobrecarregada, tendo em conta que ando a seguir quatro séries ao mesmo tempo.

adoro a carrie, i must confess. embora ao contrário de quase todas as meninas, não “seja” a carrie, gosto muito dela. o que ela faz, para viver, é mais ou menos aquilo que eu quero fazer. menos “gajas e sexo” e mais “viagens, cultura, diversão e sexo”. mas nessa linha. uma coluna num jornal, numa revista. ou um blogue. ou alguma coisa que envolva escrita, que é bastante difícil esconder que eu amo escrever.

portanto, e confessadamente, eu gosto não só do que a carrie faz, como da forma de ela ver as coisas. é um chick flick de série, como é obvio, portanto existem coisas tratadas que todas nós já passámos por e, caso não tenhamos, alguma nossa amiga/colega/conhecida já passou pela situação, ou por uma muito semelhante (até porque as séries tendem a caricaturar as coisas de forma algo exagerada; de outra forma nem teria piada).

agora, “quem sou eu”, naquele enledo de mulheres? teria de dizer samantha. sim, eu seria a samantha. pela personalidade, pela caricatura de mulher que ela representa, porque eu já fui muito assim (ou algo assim) e ainda reservo um bocadinho de samantha em mim. todas temos um pouco daquela aura em nós, mulheres. mas ainda assim, nem todas somos tanto vísceras e tripas como ela o representa. mas eu já fui e ainda conservo um bocadinho daquela mulher em mim. o bocadinho que eu não quero perder, porque é sempre bom ter recordação de quem somos, baseado em quem fomos.

enfim, e parando de divagar, que eu tenho muito trabalho para fazer, ainda, estou a adorar a série, gargalhadas fáceis, e muita reflexão. muitos pensamentos do género de “aahh eu já fiz aquilo”, ou “aaahh devia ter feito aqueloutro”.

vim atrasada, mas apanhei ainda a tempo. confesso que já não se fazem séries como essas, onde ainda a internet era novidade, os telemóveis existentes ainda eram do tamanho de tijolos pequenos, e em que nas discotecas a música era a que, hoje, chamamos de old school. onde ainda existiam as calças à boca-de-sino (que na minha modesta opinião deviam voltar) e as cinturas altas não eram uma reinvenção ridícula da moda, eram a moda.

saudades.

mas pronto, assim ando eu, enleada no meio de quatro séries, muito contente com os meus bocadinhos de tempo que ainda tenho para fazer aquilo que mais gosto.

contudo, o tempo anda meio escasso este mês, e depois de amanhã já é sábado, o que significa casamento! espero que corra tudo bem e, tendo em conta que eu vou ser a fotógrafa de serviço, tenho de estar preparada.

até lá mais vos conto, que o tempo não tem sido muito. mas quero-me queixar? Não.

entre dois trabalhos (um que está quase quase a acabar), um projeto novo, aulas, mudança de casa – yap, outra vez! -, estar com as amigas e o meu tempo para mim, consigo conciliar tudo. Porque é com estas provações que vamos aprendendo do que somos feitos e do que somos capazes de fazer. e isto não é nada, porque se eu ainda tenho tempo de descansar, relaxar e ver as minhas quatro séries, é porque ainda tenho horas vagas no meu dia. Ainda as posso preencher com trabalho. portanto se mais aparecer, é muito bem-vindo. é que eu quero é trabalhar, estou na altura de aprender mais e mais, de saber mais e mais, e de fazer mais e mais! não é à toa que eu troquei de emprego. sempre a somar, sempre a ultrapassar barreiras. e para a semana, vou de férias com o panda. também mereço. mas logo vos conto. 😀

he makes me laugh.

até breve,

Kiss, C.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s