[a arte do orgasmo]

clerks

Depois de uma breve análise a um episódio de Sex and the City, fiquei com uma dúvida: afinal, qual é a mulher que nunca fingiu um orgasmo? É um assunto tabu para muita gente, confesso, mas ao mesmo tempo é um assunto pouco explorado e que, na minha humilde opinião, merece mais atenção. Assim como o clitóris, tantas vezes negligenciado pelos homens, o assunto orgasmo, especialmente o feminino, é um assunto deixado de parte. Tanto por eles, como por elas. Por vezes até mais por elas.

Todas as mulheres gostam de ter orgasmos e as que dizem que não estão a mentir. É o ponto supremo da relação sexual, o culminar do Nirvana. E, se na norma todos os homens o têm, qual é o problema das mulheres também os terem? Nenhum, ora aí está.

Claro está, podemos ter uma relação sexual, gostar e sentir prazer, sem atingir orgasmo. É normal e já nos aconteceu a todas. É feio mentir, mas nós fazemo-lo. Para quê não sei bem, ainda, mas é algo que todas as mulheres experienciaram.

Muitas vezes é pelo homem, porque não queremos admitir que fulano x não nos soube dar aquele prazer, outras vezes é porque não conseguimos e não queremos explicar que não vai mesmo acontecer; outras, porque queremos que acabe depressa… há variadíssimas razões. Isso não torna uma mulher um bicho falso e de pouca confiança; torna-a apenas mulher.

Claro que, para espanto ou tristeza da nossa espécie, isso já não é algo apenas nosso. Fingir orgasmos também passou a ser um truque dos homens, que aparentemente também nem sempre os têm ou os querem ter. Lembro-me de um episódio de Friends, em que a Mónica descobre que o Chandler fingiu um orgasmo, apenas para a ver feliz, ou para acabar com um momento que não lhe estava a dar tanto prazer. Ou seja, a realidade que fingir orgasmos é coisa de mulheres está ultrapassada e obsoleta. Os meninos também fingem.

Claro está, é mais difícil um homem saber se uma mulher fingiu ou não, é preciso conhecer muito bem a anatomia de uma mulher, para descobrir a verdade. Aliás, a anatomia daquela mulher.

Há homens que sabem exatamente como fazer uma mulher vir-se, de que forma, em que timing e, dessa forma, sabem quando e com que intensidade a mulher tem um orgasmo. Mas para isso é preciso muito conhecimento de causa, do corpo e das reações daquela mulher. Isso, ou uma vasta lista de experiência sexual na vida. Acho que é por isso que dizem que os quarentões sabem melhor o que fazem. O tempo também é sinónimo de experiência, ou experiências. Normalmente, os homens mais novos, na faixa dos vinte, andam centrados no seu próprio prazer e ainda não descobriram exatamente como partilhá-lo com a mulher. Alguns acham que, tal como eles, a relação sexual coital é o necessário para fazer uma mulher vir. Falso. Nada mais falso do que isso.

Lembro-me de uma frase em particular, do filme The Clerks em que uma personagem dizia que “a woman makes a guy come, it’s standard. A guy makes a woman come, it’s talent..” E isto não é tao descabido assim. Talvez não seja milagre, porque ainda acontece mas é, de facto, um talento, uma arte. Uns diriam que uma arte menor, o que eu como mulher discordo completamente. É uma das artes mais finas e primas do mundo. É algo que requer um savoir-faire daqueles.

A bottom line é que, nem todas as mulheres atingem o orgasmo numa relação sexual e, a maioria de nós, já fingiu para não ter de passar por uma data de situações que não quer, ou porque acha que é melhor assim. Não faz de nós falsas nem insatisfeitas, frígidas ou frustradas sexualmente. Algumas fingem porque é mais fácil, até existir a confiança e o à-vontade na relação para estar bem com o facto de nem sempre se atingir orgasmo. O que não torna a relação sexual má ou insatisfatória.

Eu culpo os filmes, as séries e até a literatura erótica por todas estas coisas. Nos filmes, o homem entra na mulher e pouco depois está ela a ter um dos maiores orgasmos já vistos! Com gemidos, gritos e enrolar dos dedos dos pés. Ele nem fez nada, deslizou para dentro dela e foi tudo o que bastou. Um exemplo muito conhecido, especialmente de todas as mulheres que, ao contrário de mim, choraram baba e ranho em The Notebook, é quando o gostozão do Ryan Gosling faz sweet sweet love com a McAdams e são precisos qualquer coisa como dois minutos, leiam DOIS minutos, para ela ter o tão desejado orgasmo! Onde é que isso põe as nossas expetativas?! Não admira que muitas mulheres se sintam frustradas ao não atingirem orgasmos em todas as relações sexuais e sejam, algumas, forçadas a fingi-los.

Daí também muitos homens pensarem que é só isso que precisamos, quando na verdade requer tudo muito trabalho, atenção e dedicação. E vontade. Um homem que realmente queira fazer uma mulher vir-se, fá-lo. Pode não ser logo, naquele dia, mas chega lá. Há uma diferença nos homens que realmente querem e nos que dizem que querem.

Eu não tenho vergonha absolutamente nenhuma de admitir que já fingi orgasmos, em tempos idos. É como se diz por aí, as mulheres fingem muita coisa quando gostam de alguém, talvez em troca de outra tanta coisa, sei lá. A maioria das vezes não me sentia mal, porque como disse, a relação sexual não é apenas o orgasmo, embora este seja uma parte muito importante.

Hoje em dia sei que não preciso de fingir, embora nem seja necessário, pois tenho zero motivos de queixa. Se não acontecer não aconteceu e sinto-me à vontade com isso. Nem sempre o nosso corpo reage da forma que queremos, nem sempre estamos dispostas. Mas a relação sexual pode ser aproveitada a cem porcento, independentemente disso.

Não há cá cenas de sexo como nos filmes, na vida real. Cá é tudo mais messy, mais trapalhão. E melhor. Ninguém quer um orgasmo dois minutos depois de tê-lo cá dentro. Leve-se o tempo que se levar, chegue-se ou não ao nirvana final, o importante é como nos sentimos; como os dois se sentem.

(aqui fica uma cena, em Seinfeld,quando o Jerry descobre que a Elaine também fingia! Fake, fake, fake!)

C.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s