[diário de uma saudosista]

971646_659723864056909_256454370_n
dias de praia, vale do lobo 2013

tem dias em que eu acordo e apercebo-me de que tudo mudou. a vida continua igual, de dia para dia, mas ao olhar com atenção, mudou tudo. a rotina matinal é a mesma, mas não é para a mesma coisa.

sou uma saudosista nata, e tenho saudades dos tempos idos. dos dias em que me levantava e o meu destino era a faculdade. quando sabia exatamente quem era a primeira pessoa que ia encontrar, pela manhã, e que compreendia melhor do que ninguém o meu desejo por capuccino e o cigarro da manhã. saudades de quando, juntas, comentávamos os eventos da noite anterior, ainda com o sono em nós, e esperávamos pela nossa terceira parte. sempre atrasada, mas com um sorriso que mais ninguém tem, ela chegava, sorria e completava-nos a manhã. acompanhava-nos no café, não no cigarro, e falávamos de tudo e de nada, nos cinco minutos que faltavam para entrar. eu falava; falava muito. nunca encontrei duas pessoas que me deixassem falar tanto e que me fizessem sentir tão confortável por ser uma fala-barato.

tenho saudades das aulas de cultura literária no auditório da esec, nas cadeiras vermelhas de veludo sujo e gasto. a fila do meio, onde três cadeiras eram indubitavelmente nossas, escolhidas a dedo, para ver o professor antónio como devia ser. ainda nem ele tinha entrado, sei que o nosso coração batia a três, compassado. a falta de palavras era caraterística, todas sabíamos o que ia na nossa mente: a cabeça careca que tanto gostávamos de gabar, a sabedoria e a chico-esperteza do crazy tony.

saudades dos almoços no ise, sempre à espera daquela cara familiar que se ia cruzar. ou dos encontros inesperados com o leãozinho ou outros civilindos.

saudades dos arraiais, das litronas de whisky cola no et. de dançar ao som de gabriel valim e de rir até aos abdominais ficarem proeminentes.

saudades dos risos, dos cigarros da tarde, das meias de leite, de partilhar milka oreo com as únicas pessoas com quem partilhei pedaços da vida. com as únicas pessoas com quem eu me sentia perfeita, flawless e segura de quem eu era.

eu não preciso de muito para saber que sou feliz, mas sei que fui muito feliz naquela altura. e, olhando para trás, sei o que perdi. não por falha, não por mal, mas porque a vida trata de nos afastar das pessoas. agora os almoços são mais raros e são à pressa. encontros de hora e meia, porque o trabalho se mete entre uma tarde de filmes e séries, e croissants de chocolate com petit-gateaus. agora as idas ao cinema são mais escassas e mais cedo, porque no dia a seguir ambas temos compromissos de meninas crescidas. somos crescidas, agora. já temos ruguinhas e já não nos divertimos nos arraiais. temos frio e a música já não nos faz mexer como gatinhas assanhadas.

somos meninas grandes, agora. umas aqui outras longe. e, apesar do nosso coração continuar a ser uma parte de três, estamos separadas. e tenho saudades desse tempo.

vocês são as minhas pessoas. é uma sorte encontrares, na vida, uma pessoa que te complete. normalmente achamos que é o nosso homem, o nosso príncipe. e eu tive a sorte de reencontrar o homem ideal para ficar ao meu lado, depois de o ter perdido nas teias da vida.

mas as minhas verdadeiras almas gémeas são mulheres. duas. que me compreendem melhor do que ninguém, que estiveram lá para mim no meu melhor e no meu pior. que me ouviram, que me aturaram. que, vezes sem conta, me seguraram a mão e o cabelo, quando vomitei. que me sabiam dizer que não, mas que entendiam quando eu fazia, na mesma.

sou uma mulher de sorte porque a vida me permitiu conhecer não uma, mas duas almas gémeas e com elas viver os melhores anos da minha vida. que quero continuar a viver, mesmo que não sejamos mais loucas, nem vivamos os loucos anos vinte. quero que sejamos yeah’s para sempre.

nunca morram. melhores dias virão ❤

281451_536728813023082_1160957400_n
migonas lindas no halloween ❤

179097_639143919448237_242373635_n
semana académica 2013
946482_659303147432314_168397574_n
jantares legendários na casa da fiwips ❤
1451479_755470071148954_1509919186_n
tardes de meias de leite no ISE ❤
1497607_10202722511044819_1022910908_n
jantares lendários na casa da cláudia ❤
10325720_10203545558740497_3457375086601703736_n
benção das pastas, maio 2014
10411407_867775209918439_5918198224817410282_n
tenho as amigas mais lindas de sempre :’)

C.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s