[linha ténue]

a1988479fea78f370e45598938593fcb

Já pensámos realmente bem sobre essa coisa da morte? todos os dias eu penso que sim, que estou ciente do que ela é, que já passei por isso (na segunda pessoa) tantas vezes que ela não-me é indiferente, nem estranha.
que não sei lidar bem com ela é um facto, mas que ela faz parte da minha vida também. nas mais variadas formas.
invejo, de certa forma, aquelas pessoas que ainda não a viram/viveram de perto. a ignorância é tão boa, de facto.
só que já a vivi de perto, já sei o peso no peito, por isso também sei o que custa e vejo a vida de outra forma.
contudo, ainda a acho injusta – em muitos casos -, e acho que não se pode desprover uma pessoa da vida à toa.
isto contradiz-me muito, que até sou a favor da eutanásia, exactamente por saber o que custa viver tão próximo da morte. também sou a favor da pena de morte, mas isso é muito específico e bem pensado – e um assunto no qual não me quero envolver aqui, agora.
mas é com grande peso no coração que falo/escrevo da morte, porque me toca profundamente…
quando o meu pai estava doente, repensei muitas vezes a minha própria vida e o direito que alguém teria de acabar com a dele. NUNCA, nunca eu faria tal coisa, embora a favor, e nunca ele nos pedira (morreu antes disso ser necessário) mas, antes do grande C, sempre se falara nisso, lá por casa. no facto de, um dia, se a nossa vida nos escapulisse da alma e só restasse um corpo ‘máquino-comandado’, acabar com a vida que restava era o mais humano a fazer.
sempre disse que sim, sempre concordei e o meu coração sempre achou o mais correto a fazer mas na hora h nunca seria capaz.
como se pode ajudar alguém que amamos a partir? não é egoísmo nosso? e querê-los cá, sem as condições necessárias, o que é?
da minha mão, nunca que a vida do meu pai iria acabar. por vontade minha, ainda hoje ele cá estava. mas numa segunda linha de raciocínio, quereria eu viver com ele em sofrimento? não terá sido o melhor a acontecer?
nunca é, para nós. sou filha órfã de pai, agora, e isso custa mais do que consigo transmitir em palavras! mas tê-lo cá contra a vontade do universo não me faria mais feliz.
só que é uma contradição de merda, essa coisa do querer-fazer. também não me faz feliz viver sem ele, muito menos custa-me pensar por que raios o universo não o quis.
isto veio-me à mente por causa desta entrevista que eu li sobre o marido da Brittany Maynard, que recentemente cometeu eutanásia porque tinha cancro. e iria ficar completamente debilitada e sem qualidade de vida. tudo o que fazia dela ela mesma lhe iria ser retirado. tornar-se-ia num vegetal. e, antes que isso acontecesse, tomou as suas rédeas e pôs termo à vida.
se concordo? mais do que isso, desejava um dia ter os colhões daquela mulher! não sei se teria, mas não quero pensar nisso/passar por isso.
no lugar do esposo dela, o mundo cair-me-ia em cima, e não sei até que ponto aguentava. eu amo muito, tanto, com o coração constantemente nas mãos. de cada vez que me morre alguém fico sem casa, sem lugar no universo, durante muito tempo. não consigo imaginar quando isso aconteça com o nosso consentimento e ajuda.
é preciso ter-se coração de aço e amar-se a pessoa acima de nós mesmos.
é tão raro amares amlguém acima de ti mesmo! tão difícil!
só quando vem de nós, ou é do nosso sangue podemos comparar e, mesmo assim, nem sempre. agora, adotares outra pessoa no teu peito a esse ponto…

a vida é daquelas merdas que é tão boa e ao mesmo tempo tão má, que o limbo é sufocante. é tão bom imaginares uma vida cheia, ao lado dos que mais amas. mas depois corta-me o ar saber que, de um minuto para o outro, esses sonhos me podem ser cortados com uma catana enorme, que me ceifa tudo o que sonhara.

acho que o segredo é viver todos os dias como se fosse o único. não o último, mas o único. é o maior cliché de sempre, mas não deixa de ter alguma razão.

C.

c892461747c863333c9817ad15d18496

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s