[don’t fight your demons, make peace with them]

wpid-img_20150406_194828.jpg

Às vezes temos de nos focar muito -a 200% – e, em vez de tentarmos afogar os nossos demónios, lutar contra os nossos monstros debaixo da cama, levemo-los a passear, mostremo-lhes que, afinal, somos muito mais fortes do que eles nos levaram tanto tempo a crer.

Todos nós temos demónios. Alguns maus, que nos assombram a maior parte da nossa vida; outros que só precisam que lhes mostremos a luz, que servem para nos lembrarmos que somos capazes de coisas que nem sempre sabemos que podíamos fazer. Mas bolas! elas estão cá dentro, temos essa capacidade e esses monstros não nos podem impedir.
Eu sou capaz, sempre fui. Tive foi medo, porque o demónio pairava sobre mim o tempo todo a dizer: “não consegues!”. Só que eu, hoje, disse: “eu consigo e eu vou!”.
E eu fui, e eu consegui! Venci o medo, venci todas as derrotas anteriores e aqui estou eu, de monstrinho na trela, à minha mercê.
Porque eu posso, eu sempre pude. Eu só não acreditava porque ele estava lá a dizer me que eu não podia. Mas posso. Tanto posso que fiz. E estou feliz de contente com mais uma pequena (grande, enorme) conquista.
Assim, tanto tempo, lutas e dinheiro depois, a Cashier lá tirou a carta de condução.
Estou feliz, hoje sempre foi um dia bom! Valeram a pena todos os exercícios de gratidão e de calma interior.
Próxima etapa: aqui te espero (e logo vos conto essas novidades!) De braços abertos e cheia de forca. Monstrinho, vou aprender a domar-te.

wpid-img_452775975698896.jpeg

c.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s