[corpo cansado]

é engraçado… como por vezes precisamos de muito pouco para saber quem nos vale muito. algum tempo afastados, talvez, faz-nos entender melhor a presença de alguém. quiçá até nos dê uma outra visão das coisas.

estou cansada, preciso de um tempo. e, no entanto, tive já tempo demais. preciso de um tempo para por a cabeça e o coração em ordem, de volta no lugar correto. tenho sono, preciso de descansar. no entanto, sei exatamente onde quero acordar, amanhã, e sei exatamente que é o meu conforto favorito.

ninguém entende, a menos que sinta, esta necessidade de pisar a corda-bamba, para saber como nos sentíamos de dessemos uns passos mas a verdade é que, agora, estou descansada com a minha realização: é o que eu sempre pensei.

o coração está sereno, embora o corpo reclame tempo de cama. sei muito bem quem me quer muito bem e, às vezes, há dias em que o universo nos põe em situações constrangedoras para nos ajudar a redefinir quem queremos na nossa vida.

gosto de saber que há pessoas que não mudam e de quem não cedo lugar e, há outras, que entraram agora para os meus exercícios de gratidão.
é bom saber que a presença constante nem sempre é sinal de melhoria num laço entre 2 seres humanos. é bom saber que há pessoas que não estando aqui, estarão sempre cá. e há reencontros que só o comprovam.

o coração – cansado e dorido – agradece.

c.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s